terça-feira, maio 17, 2011

Handymen - a raridade

Em pleno século XXI, e como mulher evoluída que sou, tenho a noção que já era hora de aprender a pendurar quadros sozinha, colocar candeeiros, fazer furos (bonitinhos) na parede, aparafusar ganchos nas portas, montar armários, e arranjar pequenas coisas que se vão avariando lá por casa, mas a verdade, é que não sei!
Como tal andei à procura de alguém que fosse habilidoso o suficiente na arte da bricolage, e que executasse este tipo de trabalhos, e ao contrário do que era esperado, não foi fácil descobrir um.
Os handymen começam a ser uma raridade, e conhecer alguém que saiba espetar um prego na parede, ou desenrascar uma ou outra situação, é hoje em dia uma sorte.


Tal como eu, também as minhas amigas depararam-se com este problema, a grande maioria desconhece o mundo da bricolage, e como tal encarregam os pais ou os respectivos nas tarefas relacionadas com parafusos e busca-pólos.
E isto deu-me uma grande ideia, assim como há vouchers de oferta para cursos de culinária, era porreiro se houvessem vouchers para cursos de bricolage.
Tinha de ser um curso básico, primeiro podíamos aprender o nome das ferramentas, depois saber utilizar um berbequim, mais tarde umas breves noções de electricidade, e por fim aprender a montar candeeiros.
A sério, vislumbro aqui uma oportunidade de negócio...

5 comentários:

AlgaDoMar disse...

Vou fazer um cartão de apresentação para distribuires às tuas amigas a oferecer os meus serviços de bricolage. Só preciso que me arranjem as ferrantentas.

Dinis disse...

Não te esqueças da lição mais importante: primeiros socorros

Carla Isabel disse...

...adiante...

Muitos PARABÉNS!

Bjs

akapink disse...

Obrigada!

Sou disse...

Rapariga... essas "piquenas bricolages" foram, são e deverão sempre ser coisas de homens... não te vás agora querer "masculinizar"... (eles não gostam disso :P)

Já agora PARABÉNS!!!

Beijinhos!!!