quinta-feira, outubro 01, 2009

Significado dos nomes

Parece que na Índia todos os nomes têm significados, cada nome pode ter uma sorte associada.
Acreditam tanto nisto que chegam ao ponto de mudar o nome diversas vezes ao longo da vida, mais ou menos como quem muda uma camisa... na Índia.
Se por exemplo a pessoa não tiver sucesso, e achar que o azar que tem é devido ao nome que lhe deram à nascença, essa pessoa muda o nome.
Se esse outro nome também não lhe trouxer sorte, muda novamente, é algo muito comum na Índia e é uma coisa natural...
Quando desejam mudar de nome contratam os advogados e pronto, a coisa dá-se e é bem aceite por todos.
O que me leva a pensar, qual não deve ser a trabalheira que um indiano tem, para nos dias de hoje encontrar amigos de longa data, nas redes sociais do tipo Facebook.
Não deve ser pêra doce procurar os velhos amigos de infância ou da primária...
O Facebook da Índia deve contar com uma rede social brutal, sendo que uma pessoa pode na realidade ser representada por N contas diferentes, apesar de se tratar no fundo da mesma pessoa.

Perguntei à colega indiana se o meu nome existia na Índia, e se sim, o que significava, ao que a colega explicou que sim, o meu nome é muito comum na Índia, visto uma das actrizes mais famosas e sexy da Índia ser minha homónima e por isso todos a conhecerem.
Acabo de ter conhecimento de Karina Kapur, pelos vistos a mulher "xanãa" da Índia, que muita gente adora.
Apresento-vos...
Karina Kapur:

(sendo que o meu nome é com um C, um C de chocolate) :p
Segundo a Neha, o meu nome significa "beloved" and "pure", já o dela significa "affection and likes everybody".
Perguntei-lhe se ela estava a pensar mudar de nome, só para no caso de ela estar, pelo menos não se esquecer de avisar com antecedência, dava jeito e tal, ao que ela respondeu que não há problema, ela está contente com o nome que lhe calhou na rifa, e por isso não se queixa da sorte que tem.

Amanhã os colegas indianos vão-se embora... é engraçado que por esta altura já estou com pena de que se vão embora... já me estava a afeiçoar a eles... até já estava a começar a abanar a cabeça como eles* e tudo...

* o abanar de dizer "Sim" é uma espécie de "Não" para nós.
No início confesso que era confuso, mas depois de lhes ter explicado que aqui a malta pensava que eles diziam "Não" quando na realidade eles queriam dizer "Sim", contaram-me que o faziam inconscientemente, está enraizado na Índia há anos e já nem dão por isso.
Agora até acham graça quando eu na brincadeira, abano a cabecita para lhes anuir alguma coisa. :)

Um comentário:

Sandra e Dinis disse...

É engraçado os costumes deles! Ao E. o abanar da cabeça fazia-lhe imensa confusão!!LOL

As mulheres indianas são de facto muito bonitas.

Bjs