sexta-feira, outubro 09, 2009

Mudança de visual

Ontem peguei em mim e rumei até ao cabeleireiro.
Fiz mais ou menos isto ao cabelo:



E não é que adorei, o corte está muito giro e o resultado foi melhor do que o esperado.
Para quem tem por norma usar o cabelo comprido como eu, este foi um corte radical.
Atenção que quando digo comprido, é o comprido por debaixo da omoplata...
Não me lembro da última vez que o meu cabelo esteve assim tão curto, i.e. acima dos ombros, deve ter sido há anos.
Hoje estou com um ar mais novinha, este look tirou-me anos na aparência, a ver vamos se domingo não há problemas na mesa de votos Lol.

A verdade é que sabe bem mudar o visual, é engraçado que houve anos em que me limitei a cortar apenas as pontas variando apenas o tipo de franja, quando a havia.
Existia uma parte de mim que se acomodou ao visual que tinha ano após ano, sei que tal como eu existem muitas outras raparigas que também o fazem, acomodam-se, e é por isso que desafio quem me lê e que se identifica com isto a mudar o visual.
Às vezes é preciso arriscar ter coragem e seguir em frente, não há que ter medos, é aventurar-nos um bocadinho, no final de contas o cabelo cresce sempre.


Já arriscar na pintura do cabelo é que é mais complicado, principalmente se trabalharem num local onde o visual pesa mais que a competência.
Lembro-me do dia em que decidi pintar o cabelo de vermelho, era eu uma criança, claro está o resultado foi desastroso, a cor não era a mais adequada, e resultado disso foi passar meses a fazer concorrência ao Batatoon e a dar arritmias sucessivas à minha mãe.
Eu sei podia me ter dado para pior, enfim são coisas da idade e da rebeldia da altura, fazem parte da vida e das quais não me arrependo.


Depois de ter feito a maldade ao cabelo foi difícil fazer desaparecer a cor, claro que depois de muitas lavagens lá fui ficando menos desigual à maioria das jovens da altura, voltando aos tons de castanhos naturais que agora tanto gosto.
Ontem resolvi mudar apenas o corte e gostei muito, aconselho-vos a fazer o mesmo, libertem a Linda Evangelista que há em vós e divirtam-se ;)

2 comentários:

Neni disse...

Ando doida pra cortar o cabelo assim. Está pra mto breve.

Um beijo*

Buttafly disse...

Gostei!
Ando a pensar nisso também - tenho o cabelo enooorme e anda por aqui uma vontade doida de o cortar pelos ombros e fazer uma franja gira.
Na verdade e pensando bem, nem nós próprias nos entendemos - andamos anos para deixar crescer o cabelo e quando finalmente o temos no ponto, decidimos cortar. LOL. Faz algum sentido?

;)

PS - Bem vinda ao meu cantinho, mi casa es su casa!