segunda-feira, setembro 07, 2009

"Vampirisses"


Andava eu sossegadita quando decidi em terras croatas começar a ler o livro de uma amiga canadiana, o famoso Twilight.
Ela bem me avisou que era viciante, que assim que começasse a ler não iria querer parar. Dizia ela que Twilight tinha uma espécie de je ne sais quoi difícil de entender que prendia as pessoas à leitura.
Achou estranho ao principio eu ter-lhe dito que ainda não tinha lido o livro, muito menos visto o filme.
Depois expliquei-lhe o porquê, a verdade é que nunca fui muito fã de vampiros, ou das estórias dos vampiros, tirando a época em que o Tom Cruise e o Brad da Jolie encarnavam dois vampiros jeitosos e o filme fugia assim para o pecaminoso, mesmo com todo o sangue, os dentitos e a palidez doentia, gostei do filme.
Twilight teve o mesmo efeito em mim que teve nas massas que o leram; assim que comecei a ler o livro nunca mais parei, quer dizer, li-o em duas tardes com mergulhos à mistura e tempo para dormir e alimentar-me. Fui obrigada a sair do barco e ir passear pela ilha de Korkula, foi difícil convencerem-me que tinha mesmo de comer e mais tarde de dormir tal era o devorar de páginas que me possuía.
Quando parámos em Hvar corri as livrarias todas, e lá arranjei o terceiro livro em inglês, o "Eclipse".


O "New Moon" estava esgotado, só havia em Croata, e não dava jeito portanto...
Como o vicio era mais forte que eu, comprei o terceiro livro e comecei a ler o "Eclipse", sem ter lido o "New Moon".


Está claro e como já era de esperar, este também foi absorvido em tempo recorde.
Uma amiga australiana que estava connosco ainda me perguntou se estava a perceber a continuação com aquele gap do segundo livro, para ser sincera não tive qualquer problema em ter saltado o segundo, era possível perceber o desenrolar da estória e o que tinha acontecido no livro anterior, claramente tinha algumas perguntas que só o segundo livro podia responder, mas era fácil perceber o conteúdo do segundo livro pelas dicas no terceiro, não fosse Stephanie Meyer "a great writer"
E assim que digo isto, ela responde:
"OMG, another Twilight junkie!"
Pior foi quando ela me disse que assim já não precisava de ler o segundo, ao que eu respondi, "I'm going to read it anyway just to clear a few doubts!"
E é aqui que dou por mim a reflectir no que havia dito, tinha dito isto em voz alta, caí em mim e dei conta da minha obsessão, estava seriamente agarrada aos vampiros e às estórias dos werewolves.
"Totally addicted!" segundo os amigos.
Como não podia deixar de ser, assim que cheguei a Dubrovnik procurei o último livro da saga - o "Breaking Down" que para cumulo do azar não havia, estava esgotadíssima a versão inglesa.


Mais uma vez só havia em Croata, resmas e resmas deles, mas só em Croata.
Confesso que ainda olhei para eles a ver se percebia alguma palavra só por curiosidade, ou por estar totalmente fora de mim possuída pelas "vampirisses", mas nada, nem uma palavra, não percebi patavina como é óbvio.
"Raios parta o Croata que podia ser uma língua mais familiar...", pensei eu.
Foi só no aeroporto de Frankfurt que finalmente comprei o segundo e o último livro da saga "Twilight".
Estou agora a meio do "Breaking Down", ansiosa por chegar a casa e ler mais um bocadinho, confesso é mais forte que eu.
Quanto ao filme, só o vou ver quando acabar de ler este último livro e ler o "New Moon" que saltei involuntariamente.
Quem já leu os livros e viu o filme diz que vou ficar desiludida com o filme, same old same old, o filme nunca é melhor que o livro, já é sabido.
Estou por isso desejosa de acabar a leitura da saga de Edward e Bella, para poder ver finalmente o filme e dizer de minha justiça.


Ah e depois tenho ainda mais este para ver, só para ter a opinião completa sobre o assunto ;)
O filme "New Moon" está quase aí, segundo percebi lá para Novembro deste ano, quer dizer Dezembro09 em Portugal...

2 comentários:

Tuaregue disse...

Se calhar irias gostar ver a Série True Blood

mac4u disse...

Em Junho, a caminho de Búzios, só ouvia a Sofia a dizer "oh...Edward...", escusado será dizer que entrou no estado obsessivo que descreveste!
Vocês as duas deviam ter longas conversas...eu dispenso, detesto vampiragens, mas já fui obrigada a conhecer a sequela toda, eu e a familia toda!