quarta-feira, setembro 23, 2009

Hoje sinto-me assim

um bocadinho "bombeira".
(e agora que fui à procura de uma foto decente de uma bombeira para pôr aqui no blogue, dou por mim a ver no Google Images, imagens de pseudo-bombeiras, algumas mesmo a roçar o badalhoco, daquelas que nunca apagaram fogos na vida, fogos do tipo que metem labaredas e tudo, os a sério portanto.
Na minha pesquisa por imagens só encontrei "piiiquenas" acaloradas e todas assim pró descascado, com chapéus de bombeiro e pouco mais, achei por isso não colocar aqui nenhuma "bombeira" menos própria, visto este ser um estaminé caseiro, lavadinho e por isso grande adepto do decoro.)

O que aconteceu hoje foi que acordaram com mais uma situação critica em mãos, e como a bisca calha sempre aos mesmos, "toma lá mais um berbicacho" com direito a palmadinha nas costas, e a um "obrigado pela tua cooperação e teres desenrascado este último problema, tens aqui um novo desafio"
Ora desafio é por estas bandas sinónimo de "está a arder", é também uma palavra suave para o internacional "make it work!".
E mais uma vez o milagre da multiplicação deu-se, estou em N coisas ao mesmo tempo para não variar muito a minha rotina, com os dias a terem exactamente as mesmas horas, e com a cabeça repartida por diferentes frentes, todas elas em paralelo, cada qual com uma percentagem da minha pessoa alocada.
Same old, same old.
Sendo que a diferença das outras vezes para a de hoje, é que desta vez foi o big chefe que decidiu as percentagens, e foi ele próprio que fez "o papel de Salomão".
Se bem que na lenda de Salomão uma das mães, a mãe verdadeira, grita quando Salomão simula que vai cortar a criança ao meio, só para o não ver sofrer o filho...
Aqui na minha situação a coisa altera-se um nadinha, digamos que as mães são mais que duas, todas elas estão-se marimbando para a criança em questão, leia-se euzinha, o que querem mesmo é que o dito Salomão dê uso à espada que carrega, e divida aqui a je em pedacinhos jeitosos, com a única condição que cada um desses bocadinhos seja funcional e lhes possa valer no corrente tempo de aflição.

Isto leva-me a comprovar mais uma vez a banhada que são os ensinamentos do livro "O Segredo".
Quando formulei o pensamento "aumento de €s ao final do mês", o Universo tão falado no livro, enviou-me mais trabalho!

2 comentários:

Carla Isabel disse...

Já pensaste em escrever um livro de cronicas?LOL

Gosto da forma como escreves, a sério!

E agora canaliza as tuas energias positivas...para ganhares mais €....LOL

Bjs

Hippie disse...

E de pensar que quem recebe mais, são quem faz menos trabalho prático... Prefiro fazer gráficos e apresentações powerpoint, se com isso ganhar mais dinheiro. Mas pronto, fico-me pelo operário.