quinta-feira, julho 14, 2011

Retail Therapy

foi o que ontem fui fazer.
Mas ao contrário de outros tempos, não fui às lojas de sempre, fiquei-me pelas lojas mais "acessíveis", e por incrível que pareça, até encontrei peças de roupa giras.
Se tenho saudades dos tempos em que o nível de vida era outro, em que podia entrar numa BCBG e levar o que queria e o que me apetecia, não, não tenho. E a verdade é mesmo esta. Hoje chego à conclusão de que quando nos refugiamos no material, então é porque estamos na realidade, sem nada.

2 comentários:

Sou disse...

;)

Diaconus Vagativu Nocte disse...

"Ora, qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura?
E pelo que haveis de vestir, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como crescem; não trabalham nem fiam; contudo vos digo que nem mesmo Salomão em toda a sua glória se vestiu como um deles.
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?
Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir?
(Pois a todas estas coisas os gentios procuram.) Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso.
Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal."
Mat 6:27-34