quinta-feira, março 31, 2011

A minha mãe e a psicanálise freudiana


Parece que ontem à 1:30 da manhã acordei a minha mãe aos gritos.
Segundo ela, "eram gritos de aflição, ainda me levantei para ir ver se estava tudo bem, mas depois paraste, deves ter acordado os vizinhos"
Ora eu não me lembro do pesadelo que tive, mas a minha mãe tem uma teoria,
"deve ter sido o teu subconsciente que ficou retido à imagem do cheque que passaste às finanças".
E pronto, a mãe e a sua explicação Freudiana.

4 comentários:

AlgaDoMar disse...

Quanto aos vizinhos, se não foste abordada por nenhum vizinho na manhã seguinte, não há motivos para preocupações.

Quanto aos gritos, essa descrição apenas permite um pseudo-diagnóstico. Pode ter sido apenas um episódio singular, e é bem provável que a tua mãe esteja correcta e que esse pesadelo esteja relacionado com o stress todo que envolve lidar com as finanças.

Com as finanças só se pode mesmo, é ter pesadelos...

Sou disse...

LOLOL....

MAG disse...

Muito bom:) Espero que não tenhas recebido queixas.
Bjs

Carla Isabel disse...

e eu so me ri porque imagino a cara da tua mãe...

Bjs