terça-feira, março 15, 2011

Millennium 01 e 02 - os filmes

Fraquinhos.
Os filmes são fraquinhos.
Tal como em tantos outros filmes baseados em livros, estes também não fizeram jus à estória que foi escrita.
Falta ali muita coisa que a meu ver interessava ao espectador, sobretudo àqueles que nunca leram nem o primeiro, nem o segundo volume da trilogia Millennium.
Depois, tanto no primeiro, como no segundo filme, há diversos momentos em que a personagem de Lisbeth nada diz. No livro sabemos exactamente o que está a pensar, a sentir, e o porquê de agir como age.
No fundo temos a explicação e o porquê das coisas serem como são, já no filme é complicado retirar isto tudo da representação da actriz , com um simples olhar ou expressão.

Entre os dois filmes, gostei mais do segundo.
A meu ver o primeiro serviu para baixar as expectativas, e ao mesmo tempo para recriar as personagens que tinha imaginado. Um exemplo disso foi o actor escolhido para a representação do jornalista Mikael Blomkvist, a sério, quem é que fez o casting de actores?! O coitado que interpreta o papel do super Blomkvist está longe do que foi descrito, e quando eu digo longe, é por outras palavras, nada a haver.
E pronto, resumidamente é isto, não achei os filmes extraordinários, antes pelo contrário, se ainda não os viram, não perderam nada.

2 comentários:

Sandra e Dinis disse...

vão fazer uma versão americana com um realizador conhecido pode ser que seja melhor que estas versões.

bjs

akapink disse...

Boa! Desconhecia que iam fazer, espero sinceramente que seja melhor ;) bjs