segunda-feira, setembro 20, 2010

Las Vegas, Baby!

E what happens in Vegas, stays in Vegas, ou vem parar aqui ao blogue, pelo menos parte do que se passou.
:)

Começando pelo MGM Grand, tenho a dizer que adorei a estadia por lá, e muito sinceramente recomendo-o a toda a gente.
O hotel é brutal, é gigante, e no início é preciso mesmo um mapa para não nos perdermos dentro do próprio hotel, tal é a dimensão dele.
Só para terem uma ideia, o pessoal que está atrás do enorme balcão a receber os guests do hotel, deve rondar no mínimo as 50 pessoas, são N filas, dá até ideia que estamos num aeroporto todo xpto preparados para fazer o check-in.
O MGM tem na minha opinião um dos casinos mais giros, Ok o Planet Hollywood é capaz de fazer mais o género do público masculino, não fossem as meninas que estão a trabalhar no casino estarem "vestidas" em trajes sugestivos, mas continuando, o MGM é mais jovem, animado, e por isso foi muito bem escolhido.
Bem chega de conversa, aqui seguem as fotos:




Algumas piscinas bastante concorridas...


Factos aprendidos:
A piscina com o melhor som é a mais frequentada, e como podem constatar, TODA a gente quer estar dentro dela a beber cerveja, a dançar um bocadinho (não muito, não é cool...), a curtir o sol e o calor, com água pelo umbigo.
A sério ninguém nada, bom também era complicado com tanta gente, mas depois o cúmulo é haver 4 salva-vidas, sim q-u-a-t-r-o, para uma piscina onde a água dá pela cintura, e onde ninguém mergulha.
É que nem sequer molham a cabeça, aliás naquela terra deve estar completamente fora de moda, e por isso não é considerado cool, Like, totally uncool!


Depois Vegas é diversão:



A Stratosphere tem cerca de 329 metros de altura, e é no topo desta torre onde se concentram as 4 diversões mais arrojadas que já vi na minha vida, estas são mesmo de fazer a adrenalina rolar sem parar.

The Big Shot, Insanity ou XSCREAM, qualquer uma delas é imprópria para cardíacos, sendo que a pior é na minha humilde opinião, a mais recente de todas, ou seja, o SkyJump.
O SkyJump é isso mesmo, é um salto do topo da Stratosphere, em queda livre, com 3 cabos (fininhos) agarrados à cintura da criatura corajosa.
A sério, só de ver até arrepia, e como é óbvio aqui a je nesta "diversão" foi cobardolas até mais não, aliás fui mesmo "chicken" mas quero lá saber, saltar 261 metros em queda livre, tipo suicida, é que nem morta, era o saltas era...)



Las Vegas é gente na rua e nos casinos a qualquer hora do dia ou da noite,






É visitar os locais predilectos



Las Vegas é obviamente sinónimo de casinos, apostas e jogo
(com coupiers em lingerie e dançarinas junto às mesas de póquer, claro!)










Vegas também é isto:






e babes...



Las Vegas é ter Paris, Nova Iorque e Veneza todas na mesma rua





E foi aqui, no New York- New York Hotel & Casino, que pela primeiríssima vez andei na montanha russa mais incrível da minha vida.

A experiência é pura adrenalina, e foi fantástica!
É certo que durante a viagem parti um brinco, tal era a velocidade daquela coisa, mea culpa, porque eles avisam sempre antes de entrarmos, para guardarmos tudo o que possa cair ou partir dentro dos cacifos, mas ainda assim a je achou por bem não deixar a bijuteria no cacifo, e levar os brincos para os minutos de diversão que se seguiam, claro deu asneira...

Fiz a descida da Roller Coaster no banco da frente da carruagem, sem ninguém à frente, e a sensação foi brutal, é que é uma volta completamente diferente quando feita no banco da frente.
Uma coisa fantástica é naquela fracção de segundos (acho) em que ficamos parados lá no topo, logo após a subida lenta e extremamente inclinada, podermos observar Las Vegas à noite toda iluminada, com as pessoas lá em baixo a parecerem formigas, e nesse mesmo momento vislumbrar a descida vertiginosa que nos aguarda, a sério não há explicação, é adrenalina ao rubro, e adorei!


O Venitian Hotel


que é uma Veneza em ponto pequeno, com gôndolas e tudo


Las Vegas é também casar por 160$


É fazer compras ;)


É assistir a espectáculos mundialmente conhecidos



É visitar o Bellagio e recordar os locais onde foi filmado o Ocean's Eleven,




É música e muitas luzes na rua








É ter vários Outdoors luminosos e sugestivos, não fosse o Justin estar lá escarrapachado, e uma tal de Holly Madison, antiga coelhinha da Playboy (as coisas que eu sei, até eu fico surpreendida)



Las Vegas é poder ver o Elvis!

Resumindo, Las vegas é um lugar onde toda a gente devia ir pelo menos uma vez na vida, Vegas é por excelência o local do mundo onde a diversão é palavra de ordem, e diversão essencialmente direccionada a adultos.
Vegas serve perfeitamente para celebrar e viver a vida.
Oh se serve ;)

3 comentários:

Lima disse...

Festa todos os dias :)

Nucha disse...

Epa...Las Vegas é brutal!! :D

Olhos Dourados disse...

Esse pessoal daí é doido!