quinta-feira, agosto 12, 2010

Só para que saibam

no tal colégio, também tive uma disciplina chamada "Culinária".
Hoje podia usar essa ferramenta, mas como quero que os convidados se sintam bem no final da refeição, vou ignorar o que por lá aprendi, e aplicar as receitas da avó, porque essas sim, são para a vida.


O problema da disciplina de culinária, não era a disciplina em si, porque pessoalmente até gosto de cozinhar, a questão está naquilo que aprendi durante aquelas aulas maravilha, em que a professora incumbida para a tarefa, insistia em utilizar uma barra inteira de margarina vaqueiro, numa só refeição.
É verdade, toda a santa refeição levava com uma dose industrial de margarina, porque segundo ela, dava gosto aos pratos.
Em todas as aulas cozinhávamos pratos diferentes, aprendíamos a ser donas de casa perfeitas, e jantávamos sempre nos dias de Culi, a comida feita por nós.
Como é evidente, saímos de lá hiper enjoadas, com valentes dores de estômago, e a precisar de uma desintoxicação urgente.


Gorda que nem um texugo, a criatura aspirante a chef dizia-nos, "Queridas, hoje não posso jantar com vocês, porque a seguir vou jantar com o meu marido", pois, era bom, mas a verdade é que aquilo tudo era para inglês ver (ouvir), porque quando chegava a hora de deglutir o que havíamos preparado, a senhora sentava-se à mesa connosco, e enfardava mais que um leão faminto.
Eram rissóis uns atrás dos outros, scones quentinhos, baba de camelo, tudo.


Como todos os dias as alunas eram diferentes, todos os dias a senhora repetia a dose, ou seja, jantava por duas vezes, uma no colégio, e outra na casa dela, onde supostamente só comia para acompanhar o marido.
Com tanta gordura ingerida, aposto que o colesterol dela batia palmas...
Escusado será dizer que a senhora tinha a silhueta de uma foca, mas nada a impedia de provar as nossas iguarias, nem mesmo a questão do marido, que ela fortemente relembrava.
Hoje quando penso em culinária, a primeira coisa que me vem à cabeça, é a imagem de um grande pacote de margarina.
Foi traumatizante, a sério.

2 comentários:

Helder disse...

estou à espera do convite para aparecer lá:) ahhh, posso aparecer só na parte das sobremesas;)

LA disse...

mmmm now I'm super hungry!!!!










LA